Corredores são folgados?

Depois de uma semana parado por causa da chuva que parecia não dar mais descanso e também por causa da gripe que voltou e espero agora saia fora definitivamente, sábado, finalmente voltei às corridas.

Ainda meio mofados fomos Cris e Eu num trotinho confortável cruzando com amigos e conhecidos na pista e por onde passávamos em nosso percurso. O sol estava bastante tímido (mais nuvens do que sol) e do grupo habitual, naquele momento, estávamos nós dois somente.

Quando isso acontece à velocidade e principalmente a conversa fica mais calma ao contrário de quando estamos em número maior. Vários corredores juntos trotando tagarelam sem parar, e se no grupo tivermos a maioria feminina, ai o bicho pega. Isso não é crítica, apenas uma observação que constata a verdade! 71555226

Diz à experiência que a volta aos treinos deve sempre ser mais cautelosa, então, no sábado nosso objetivo eram os tradicionais 10 ou 12 km, com um role no Alpha Conde, local ideal para uns bons goles no bebedouro da portaria de serviço. E foi lá que me toquei como nós corredores somos “folgados”. Folgados no bom sentido e com educação é verdade, mas folgados!

Ao mesmo tempo em que somos ”espaçosos”, também somos engraçados, pois tratamos alguns assuntos como parte da rotina diária, independente das outras pessoas. 200550641-001

Somos de uma tranqüilidade atroz. Veja quando correndo na rua, ocupamos o lugar dos carros ou nas paradas obrigatórias para “abastecer” ou “desabastecer”: – entramos, cumprimentamos e vamos com a maior naturalidade usando o bebedouro ou o banheiro.

Tá certo que todos os casos, principalmente os de “desabastecimento”, são pura solidariedade humana, pois na maiorida das vezes a coisa tá preta!  

No Residencial Alphaville Conde é um exemplo típico. Lá, faz alguns anos, tornou-se parada obrigatória dos corredores para uns bons “golões” no bebedouro, tanto que o pessoal da portaria já acostumados com a nossa presença (entenda como “nossa presença” algo bem amplo em número e diversidade de horários), que além da permissão compulsória, sempre nos recebem com um BOM DIA cheio de sorrisos e amabilidades, mesmo quando são novatos no pedaços. Bom, novatos eles, pois nós estamos lá desde sempre!

Outros locais tradicionais de paradas para corredores é a portaria da Gráfica da Folha, a do Residencial Zero, a da Itatiaia (Concessionária Mercedes), o bebedouro da ACM, algumas bancas de jornal e bares dos postos da região e outros mais que poderão entrar para essa rol a qualquer momento de necessidade!

Em algumas bancas de jornal temos até credito de tantas vezes que por lá passamos para bebericar.

200573727-001Corredores de rua são realmente folgados, espaçosos e engraçados no modo de pensar, mas nada de mais para um bairro como Alphaville que permite a pratica da boa vizinhança e desse ponto de vista, mais parece um vilarejo do interior.

Viva a Folga, as Boas Corridas e o Pessoal do Bem que está em nosso caminho!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: